30/05/2009

Saudade



Fazes tanta falta que nem tu próprio consegues perceber quanta.
As conversas que tinhamos já nao voltamos a ter.
O olhar trocado sem compromisso, não voltou a subir e está preso numa pedra que continua a insistir estar cravada no chão.


Volta, porque não houve nunca razão para estares perdoado.

2 comentários:

  1. Olha o meu irmão!
    Queres que to empreste de vez em quando?
    x)

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar